Donald Tusk

O primeiro-ministro da Polónia, Donald Tusk, é o novo líder do Conselho Europeu, substituindo o belga Herman Van Rompuy. O Centro da Europa dá lugar ao Leste, um país fundador a um país do alargamento. Um polaco ocupa-o numa altura em que é importante dar provas de que a União Europeia será dura para com a Rússia de Vladimir Putin.

A Polónia já teve um presidente de Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, mas o seu peso crescente e envolvimento nos debates europeus pedia uma representação maior. Este peso polaco surgiu precisamente com a eleição de Tusk e do seu partido, a Plataforma Cívica, em 2007: a política europeia tornou-se um ponto central do ministério dos Negócios Estrangeiros, a relação com a Alemanha foi estreitada, até a relação com a Rússia melhorou (até este ano).

Tusk escolheu, no entanto, sublinhar outro ponto: “O efeito mais importante da decisão de hoje é que o clube Euro e o não-euro se mantém juntos”, disse. “A moeda única não pode dividir a Europa.”