Máquina Tadeusz Kantor

Convidamos a todos !!!

Presidente Andrzej Duda

Polonia,hoje, dia 6 de agosto, Andrzej Duda tomo posse da presidencia do país.  Após a ceremonia, Duda fez um discurso aos poloneses , em que ele confirmou de fazer todo o esforço para cumprir as promessas dadas durante a campanha presidencial.

 

fot: internte

Homenagem a "Dona Janka"

Capelania Polonesa, domingo dia 2 de agosto, estamos lembrando dos heróis do Levante de Varsóvia, com grande honra homenageamos "Dona Janka" (Janina Wscieklica) Unica Ex-combatente viva, na América do sul, Após a missa tivemos almoço polonês, com bigos e pierogi. Assistimos interessante apresentação sobre o Levante e segunda gerra mundial.

 

Levante de Warszawa

A Revolta, Levante ou Insurreição de Varsóvia (em polaco Powstanie warszawskie) foi uma luta armada durante a Segunda Guerra Mundial na qual o Armia Krajowa (Exército Clandestino Polaco) tentou libertar Varsóvia do controle da Alemanha Nazi.

Teve início em 1 de agosto de 1944, às 17 horas, como parte de uma revolta nacional, a "Operação Tempestade", e deveria durar apenas alguns dias, até que o Exército Soviético chegasse à cidade. O avanço soviético no entanto foi interrompido, mas a resistência polaca continuou por 63 dias, até sua rendição às forças alemãs em 2 de outubro.

Inicialmente os polacos isolaram áreas substanciais da cidade, mas os soviéticos não se aproximaram de suas cercanias até meados de setembro. Em seu interior, uma luta aguerrida entre alemães e polacos continuava. Em 16 de setembro, as forças soviéticas conquistaram território a poucos metros das posições polacas nas margens do Rio Vístula, não avançando mais durante o restante da duração da Revolta. Isso levou a acusações de que o líder soviético Josef Stalin esperava pelo fracasso da insurreição para que pudesse assim ocupar a Polônia de forma incontestável.

Embora o número exato de baixas permaneça desconhecido, estima-se que aproximadamente 16,000 integrantes da resistência polaca foram mortos e 6,000 gravemente feridos. Entre 150,000 e 200,000 civis morreram, a maioria vítima de massacres conduzidos por tropas do Eixo. As perdas alemãs totalizaram aproximadamente 16,000 soldados mortos e 9,000 feridos. Durante o combate urbano, perto de 25% dos prédios de Varsóvia foram destruídos. Após a rendição das forças polacas, as tropas alemãs destruíram sistematicamente, quarteirão a quarteirão, 35% da cidade. Juntamente com os danos provocados pela Invasão da Polônia em 1939 e o Levante do Gueto de Varsóvia em 1943, mais de 85% da cidade estava destruída em 1945, quando os soviéticos finalmente ultrapassaram suas fronteiras.

Covidamos para participar da missa na Capelania Polonesa, as 11 horas  dia 2 de agosto. Após a missa havera almoço polones, e homenagem a Dona Janka Wscieklica,  participante do Levante de Varsovia. 

 Rua Três Rios, 75 - Bairro Bom Retiro

Noite Swietojanska

Noc Swietojanska

A Noite de Kupała, chamada também de “sobótka” é uma antiquissima tradição de todos os povos eslavos relacionada com o solstício de verão e comemorada durante a noite mais curta do ano, ou seja de 21 a 22 de junho. É a festa do fogo, água, sol e lua, prosperidade, fertilidade, alegria e amor, que acontece nas terras habitadas por povos eslavos, mas também outros povos bálticos, germânicos e celtas. São acesas fogueiras por cima das quais as pessoas pulam para, simbolicamente, limpar e proteger de todo mal e toda desgraça. São feitas diversas brincadeiras e adivinhações. As moças fazem grinaldas com velas acesas que são colocadas nos rios. Se a grinalda for pescada por um garoto, significa que ela casará logo; se continuar flutuando – ela casará mas depois de um longo tempo; se a grinalda afundar, queimar ou atolar entre os juncos – o mais provável é que não conseguirá casar.
Em muitas regiões acreditava-se que, no período desde o equinócio da primavera até o solstício de verão, não era recomendado tomar banho em rios, córregos e lagos durante o dia. Já o banho tomado após o anoitecer ou antes do nascer do sol, curava diversos males, pois estava sob a influência mágica da lua.
As comemorações da Noite de Kupała começavam com o ascender do fogo ritualístico. Num lugar específico era enfiado no chão um pino de bétula e em cima dele era colocada uma roda de freixo com os raios embrulhados com palha besuntada de alcatrão. A roda era girada com tanta força, que pela fricção acabava ardendo. Então a roda era retirada e levada até as pilhas de madeira preparadas esperando para serem acesas.
Antigamente, os casamentos eram arranjados pelos mais velhos das famílias. A única maneira de conseguir um noivo que não fosse imposto, era na Noite de Kupała. As moças faziam grinaldas com flores e ervas de poderes mágicos e enfiavam nelas tochas acesas. Numa cerimônia com cantos e danças entregavam as grinaldas às ondas dos rios e dos córregos. Mais abaixo aguardavam os garotos que esforçavam-se para pegar as grinaldas. Quem conseguisse, voltava e ia até o grupo de moças para identificar a dona. Os casais, unidos desta forma, podiam ficar juntos sem temer estar ofendendo as tradições.
Era nessa noite também que os jovens procuravam nas florestas a lendária flor de samambaia que abria somente nessa noite do ano e devia trazer muita felicidade e prosperidade.
Essa era também a noite de ler a sorte de diversas plantas colhidas no mais completo silêncio.
A igreja não mediu esforços para transferir estas festas para a noite de São João, de 23 para 24 de junho, tirando assim o seu caráter pagão.

JMJ Cracovia 2016

Ontem (17/06), as 20h  no Colegio Santo Americo, acontesceu o primeiro encontro dedicado aos preparativas para JMJ Cracovia 2016. 

Aut of Ashes

Dia 8 de junho no anfiteatro do Departamento de Historia da USP, foi apresentado filme documentario, Aut of Ashes - Warsaw Story, com cnvidado especial o arquiteto Mark Krawczynski 

 

Out of the Ashes Warsaw Story

OUT OF THE ASHES – WARSAW STORY

O filme será apresentado pelo arquiteto Marek Krawczynski, filho de Zygmund Krawczynski, responsável pela reconstrução do centro histórico de Varsóvia. Autor de mais de 80 grandes projetos, incluindo o premiado Museu Australiano e expansão do Sydney Opera House na Austrália.

Sinopse do filme: A história da capital da Polônia depois da Segunda Guerra Mundial, sua reconstrução e o processo de renascimento da cidade de Varsóvia. O documentário centra-se no personagem principal o arquiteto, Zbigniew Krawczynski, responsável pelo plano de reconstrução da Cidade Velha de Varsóvia. Esse processo incluiu a preparação de dados históricos, tais como um grande desenho da Cidade Velha e memórias coletivas dos sobreviventes da guerra. Em reconhecimento aos esforços desse projeto, foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO como um exemplo excepcional de uma restauração quase completa do período histórico entre a XVIII - XX.

2012 | 47 minutos | Dirigido por Peter Beveridge | Idioma: Inglês com legendas em polonês

Para maiores informações contatar a coordenadora do evento: Ewa Zukrowska: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

Novo Presidente da Polonia

Andrzej Duda ganha as eleiçoes na Polonia, com 53 % dos votos, atual presidente Bronislaw Komorowski reconhece  derrota. A vitoria do jurista de 43 anos, que deve ser confirmada oficialmente hoje, segunda-feira 25 de maio, pode abrir caminho para o retorno ao poderde seu mentor intelectual, o eurocetico Jaroslaw Kaczynski, lider do partido conservador e populista Direto e Justiça, PIS.

fot: internet 

Eleições na Polonia 2015

As  eleições na Polonia

 

BRONISLAW KOMOROWSJI 

ANDRZEJ DUDA

O actual Presidente polaco e até agora o favorito para vencer as eleições presidenciais deste domingo foi ultrapassado pelo seu principal opositor, Andrzej Duda, de acordo com os resultados das sondagens à boca das urnas. Bronislaw Komorowski, que venceu as eleições em 2010, surge com 32,2% dos votos contra os 34,8% do adversário.

 

Sub-categorias