a 75 anos.. Getto

O Levante do Gueto de Varsóvia foi um ato de resistência no Gueto de Varsóvia, na Polónia em 1943, contra a ocupação nazi alemã. Nessa altura já se tinham dado os transportes da maioria dos habitantes do gueto. Cerca de 300 mil das 380 mil pessoas no gueto tinham sido levadas para o campo de extermínio de Treblinka, onde foram assassinadas imediatamente após a sua chegada, no final do verão de 1942. Os restantes habitantes do gueto sabiam agora o que os esperava e muitos deles preferiam morrer lutando, em vez de morrer numa câmara de gás. A revolta foi esmagada pelo Gruppenführer da SS (então apenas Brigadeführer) Jürgen Stroop

Design Dialogue : Polônia Brasil em Curitiba

Mais uma cidade:

 

 

Curitiba, recebe Exposição de Dialogo Design: Polônia Brasil. Casa Sanguszko de Cultura Polonesa apoia o projeto desde 2016, Rio de Janeiro, Brasilia e São Paulo

8 de março

Feliz Dia das Mulheres

A 8 anos.....

Em 10 de abril de 2010 um Tupolev Tu-154M do 36.º Regimento Especial de Aviação da Força Aérea Polonesa que transportava o presidente da Polônia, Lech Kaczyński, juntamente com membros do governo polonês e da Assembleia Nacional, comandantes militares bem como outros dignitários do país, se acidentou próximo à Base Aérea de Smolensk, nos arredores da cidade de Smolensk, na Rússia, matando todos a bordo. Os passageiros estavam se deslocando para um evento em memória do 70º aniversário do massacre de Katyn.

O acidente aconteceu a 1,5 quilômetro do aeroporto devido a condições de nebulosidade na zona. O governador do Óblast de Smolensk, Sergei Antufiev, confirmou para a cadeia noticiosa Rossiya 24 que não havia sobreviventes do acidente. O avião atingiu as copas de árvores, bateu no solo e caiu em múltiplos pedaços. A bordo também se encontrava o governador do Banco Nacional da Polónia, Sławomir Skrzypek, o chefe do exército polonês Franciszek Gągor e o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros Andrzej Kremer

 

Kristian Lupa

Convidamos a todos.

Sub-categorias